Entrevista Ramon Salaverría


Uma nova entrevista do professor Ramón Salaverria veiculada no site Diario de Barcelona.

www.diaridebarcelona.cat

Vale a pena acompanhar os passos desse renomado professor e ver o que ele tem a dizer. Em sua entrevista, Ramon afirma que é importante reunir os profissionais em um mesmo ambiente de produção da notícia, mas só isso não é suficiente. Segundo ele, a integração de uma redação multimídia eficiente passa também por uma mudança cultural, uma nova lógica de construção da informação e, nesse sentido, uma nova percepção profissional dos jornalistas envolvidos.

O novo profissional deve ter um ambiente integrado, TV, rádio, internet e impresso e uma polivalência no desenvolvimento de suas habilidades em qualquer suporte midiático. O professor destacou dois tipos de polivalência: uma, chamada de polivalência funcional, seria um tipo de jornalista polivalente que domina o assunto de diversas editorias ou temas e o outro seria a polivalência midiática, em que o profissional é capaz de dar forma a um assunto específico em qualquer suporte.

O que se tem visto hoje nas redações integradas mais desenvolvidas, segundo Salaverria, vai pelo caminho da polivalência midiática é uma hiperespecialização. Não que o jornalista tenha que dominar todos os assuntos e suportes, mas ele deve ter grande especialização funcional por alguns temas e, a partir daí, desenvolver conteúdo para qualquer suporte midiático.

O problema, de acordo com o professor, seria uma certa resistência em trocar o modelo tradicional para um novo modelo digital de produção da informação.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s