Encontro Digital e a usabilidade


fdoyle
A diagramação para produtos impressos tem lógica diferente de leitura e desenho

Neste post vou explicar um pouco como transformamos a Revista Encontro do meio físico para o meio digital. Como exemplo, usarei a Coluna de Direção do Fábio Doyle sobre veículos. Alguns assuntos e editoriais contribuem e facilitam o trabalho de transposição e veículos é um deles.  Primeiramente, apresento abaixo a diagramação na revista impressa.

Observem que na versão impressa foi inserido um ícone “Conteúdo extra na edição digital”. Ao lado, o logotipo do Vrum, programa televisivo sobre automóveis, exibido aos domingos em rede nacional pelo SBT/Alterosa. O assunto automóveis é bem rico em fotografias e vídeos, o que ajuda muito no trabalho do desenho para tablets. É imperativo que um produto digital para tablets seja, acima de tudo, multimídia. É inconcebível que revistas e jornais transportem seus PDFs para os tablets sem alterar seu conteúdo ou ampliar a experiência do usuário. Novos meios exigem novas práticas.

Quando desenhamos a revista no tablet, precisamos ter em mente sempre uma coisa: como o leitor da revista digital consome esse produto. Baseado nas pesquisas que fazemos com nossos leitores nos estudos sobre o uso de dispositivos móveis, chegamos a algumas conclusões. Ele lê predominantemente à noite, na cama ou sofá e tem um consumo muito fragmentado. Portanto, não esperamos que o leitor consuma a revista de maneira linear e contínua. Sabemos que ele se interessa por determinados assuntos e usa muito o índice para encontrar o que precisa ou o que tem tempo de ler.

Outra observação que temos sobre o comportamento do usuário é que ele gosta e espera por recursos multimídia, como galeria de fotos e vídeos. Sabemos também que tais recursos influenciam diretamente o tamanho do arquivo final e, consequentemente,  o tempo de download da edição. A equação para isso é o famoso bom senso. O vídeo entra apenas onde é indispensável, e deve ser, obrigatoriamente, de curta duração, nunca ultrapassando dois minutos.

f-doyle-digital

Vejam esse outro exemplo. Veículos, lançamento. Tínhamos disponível um bom volume de fotos e um vídeo de alta qualidade.

Fotos grandes, assim como na versão impressa, devem ser priorizadas. Observem que no canto inferior da foto existe uma informação com ícone (toque para assistir ao vídeo). Não há uma imposição agressiva do ponto de vista visual, “obrigando” que o ícone do vídeo seja tocado. Apenas estamos indicando que ali existe uma ampliação imersiva de conteúdo. A seta vermelha no pé da página convida o leitor a continuar sua leitura. A segunda página (direita) não é possível ver neste post, mas existe uma galeria com cinco fotos que ficam se alternando em loop, com intervalo de 3 segundos cada uma. Mais abaixo um ícone indica que o conteúdo continua após a rolagem do texto. Por fim, um ícone leva o leitor para a primeira página da matéria. Nesse caso, o leitor estaria na página dois e com uma rolagem simples poderia voltar ao começo. Para matérias com mais páginas o ícone é muito necessário. Como buscamos um padrão visual coerente, o ideal é que o ícone esteja em todos os finais de matéria. Um ícone que inserimos na última versão do aplicativo foi baseado nas pesquisas de usabilidade de nossos leitores. Voltar ao índice onde está concentrado todo o conteúdo da revista convida a um novo modo de lê-la. O “ir e vir” é muito salutar nesse caso. O índice (muito visual) contempla toda a edição de maneira rápida.

O que concluímos com a prática do desenho de revista no tablet é que o leitor está mais maduro e percebendo melhor as funcionalidades do dispositivo. Assim, podemos avançar cada vez mais e entregar um conteúdo mais imersivo e multimídia. Temos a convicção de que a leitura, principalmente de revistas no tablet, é uma tendência crescente entre os usuários. É uma maneira de resgate e leitura mais divertida. Algumas editoras como a Abril vendem as assinaturas digital e impresso juntas. Assim, o suporte papel serve a toda família e o tablet é um suporte de resgate onde a revista pode ser lida em qualquer lugar e em qualquer tempo.

Baixe o aplicativo da Revista Encontro na App Store ou Google Play.

 

 

 

 

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s